Seqüestrado consegue fugir e quadrilha é presa

A polícia de Bertioga, no litoral sul paulista, prendeu cinco pessoas acusadas de seqüestrar um vigilante de 24 anos. A ação da quadrilha começou às 22h30 de quinta-feira, quando dominaram o vigilante e o levaram a um cativeiro no bairro de Vicente de Carvalho II, perto do local do seqüestro. Horas depois, o seqüestrado foi transferido para um manguezal, onde ficou amarrado a uma árvore pelos pés, braços e pescoço. O vigilante, que pediu à polícia para não ser identificado, ficou sozinho no local e, com a corda estava um pouco frouxa, conseguiu aos poucos de libertar. Atravessou o mangue e pediu socorro. Os seqüestradores estavam despreocupados na casa que funcionou como primeiro cativeiro e foram surpreendidos pela polícia, que foi levada até lá pelo seqüestrado. No local, os policiais prenderam em flagrante Gilmário Santos Sales, 28 anos, Fábio Ribeiro Machado, 23 anos, as irmãs Ione (22 anos) e Diana (21 anos) Fernandes da Silva e um menor. A carteira com os documentos da vítima foram encontrados no local. O vigilante ainda não conseguiu entender a razão de ter sido seqüestrado e acredita ter sido confundido com outra pessoa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.