Seqüestrador Xã é preso no Paraná

Um dos maiores seqüestradores do País, Alexandre Ciechanovicz, o Xã, de 29 anos, foi preso na manhã de quarta-feira, em Umuarama (PR), por policiais do Grupo Anti-Seqüestro (GAS) de Sorocaba (SP). Ele é sobrinho de Pedro Ciechanovicz, o líder da maior quadrilha de seqüestros do Brasil. Xã foi surpreendido em uma casa onde policiais aprenderam uma escopeta. Ele e o tio coordenaram dois grandes seqüestros na região de Sorocaba. O primeiro foi o do empresário Roberto Benito Júnior, administrador de uma rede de lojas de eletrodomésticos que ficou 120 dias em cativeiro, entre 2001 e 2002. O outro, acabou na morte de José Luiz Lanaro, filho de um empresário de cidade do interior paulista. A vítima foi rendida em 2001 e encontrada morta com 12 tiros no município de Elias Fausto, na região de Campinas. Outros grandes seqüestros atribuídos à quadrilha são os do empresário Girz Aronson e do pecuarista João Bertin. A polícia mantém em sigilo o nome do presídio para onde Xã foi levado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.