Seqüestradores mantêm família refém no RS

Um assalto frustrado a uma residência de um bairro nobrede Novo Hamburgo, cidade da região metropolitana de Porto Alegre, terminou em seqüestro, na tarde de ontem. A casa do arquiteto João Batista Haicke e de sua mulher Iris, foi invadida às 16 horas por dois homens armados. Um vizinho estranhou a movimentação na casa e comunicouà polícia, que constatou a presença dos assaltantes. O Grupo Armado Tático Especial (GATE) foi acionado para negociar com os assaltantes, que mantiveram o casal como reféns por cinco horas. Ao final das negociações, os assaltantes concordaram em se entregar mediante garantia de suas vidas, e depuseram as armas sobre os muros da residência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.