Seqüestro, acidente, e tiroteio na zona leste de SP

Policiais militares de quatro batalhões foram mobilizados na madrugada desta quinta-feira na caça a três bandidos que mantinham refém uma mulher, proprietária de um Volkswagen Fox vermelho. A vítima foi abordada quando preparava-se para viajar. Dentro do carro, segundo a polícia, já haviam sido colocados malas e cobertores.Os criminosos renderam a dona do Fox no bairro do Tatuapé, na zona leste, e seguiram em direção a São Miguel Paulista, no extremo leste. No caminho, os criminosos ainda pararam para realizar saques em caixas eletrônicos. Alguém com o qual a vítima conseguiu ainda falar via celular, acionou a Polícia Militar, que aumentou o número de viaturas atrás do Fox.Homens do 2º, 8º 29º e 35º Batalhões participaram da perseguição. A caça aos criminosos teve início do Tatuapé e terminou apenas na Rua Vladimir Sinkus, em Vila Curuçá, já na região de São Miguel, onde os criminosos abandonaram o carro e trocaram tiros com a PM. No tiroteio, um casal de bandidos foi detido; o rapaz baleado inclusive. Um terceiro seqüestrador escapou.Segundos antes do confronto, algumas viaturas da PM, em perseguição, haviam se envolvido em um acidente na Rua Parreira Brava, no mesmo bairro, local onde a vítima, aproveitando a distração dos seqüestradores e a redução na velocidade do carro, se jogou do Fox.A dona do carro, segundo a PM, teria sofrido algumas lesões, uma delas grave no punho. Os feridos foram levados para o pronto-socorro do Hospital Tide Setubal e o caso apresentado na Delegacia Anti-Seqüestro (DAS).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.