Seqüestro relâmpago frustrado em SP

Um telefonema de uma testemunha à PM, na sexta-feira à noite, frustrou um assalto com seqüestro relâmpago praticado por dois adolescentes e um maior, na Av. Guido Caloi, em Santo Amaro, Zona Sul da cidade de São Paulo. Os policiais interceptaram o Fiat Uno branco de placa BWR-9174, próximo à Estrada do M´Boi Mirim, e libertaram três vítimas que estavam sendo levadas pelos assaltantes.Ao serem ouvidos pelo delegado João Doreto Campanari Neto, do 92º DP - Parque Santo Antônio, o ladrão Maurício César de Souza Lourenço, de 22 anos, e seus dois comparsas de 15 e 16 anos, confessaram que pretendiam levar as vítimas para retirar dinheiro de caixas eletrônicos. Só não o fizeram, porque, pouco depois, começaram a ser perseguidos pelos policiais da viatura M-01492.O proprietário do automóvel é o comerciário Antônio Alencar Melo da silva, de 37 anos, que estava acompanhado pelos vendedores Elias Alves Ferreira, de 33, e Francisco Valmir Monteiro de Oliveira, de 35. Ameaçados pelos ladrões armados, eles não reagiram. Pretendiam deixar que partissem com o carro, mas os marginais exigiram que permanecessem no veículo para percorrerem os caixas da região. Apesar das ameaças, nenhum dos três foi agredido nem molestado pelos ladrões. Maurício foi autuado em flagrante e os adolescentes ouvidos e, em seguida, encaminhados à Febem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.