Sereias, França, Municipal e literatura

Com Netuno, a Império Serrano abriu o desfile do Rio, seguida pela Grande Rio, que lotou a passarela de celebridades, e pela luxuosa e criativa Vila Isabel. A Mocidade trouxe Machado e Guimarães Rosa

, O Estadao de S.Paulo

23 Fevereiro 2009 | 00h00

Gênios das letras na Mocidade A escola de Padre Miguel promoveu um encontro inusitado na avenida, entre Machado de Assis e Guimarães Rosa, e trouxe Tathiana Pagung como a bela rainha da bateria. Antes do início do desfile, a escola sofreu incidentes como um princípio de incêndio no abre-alas. Famosos na Grande Rio A França foi tema da Grande Rio, que lotou a Sapucaí de famosos como Christiane Torloni e Susana Vieira. Paola Oliveira estreou à frente da bateria e, aos 41 minutos, seus pés sangravam. A paradinha da Império Serrano A Império Serrano abriu o desfile do Rio com samba de 1976, modernizado com paradinhas da bateria. O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira fez sua estreia no posto. Luxo e surpresas no desfile da Vila A Vila Isabel levou surpresas e luxo ao público com os 100 anos do Theatro Municipal. Os carros alegóricos foram destaque. Aída, O Lago dos Cisnes e Orfeu da Conceição foram encenados por componentes da escola em coreografias sobre os carros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.