Serra afirma que Bandeirantes não recebeu 'alerta'

O ex-governador José Serra (PSDB) afirmou ontem que sua gestão no Palácio dos Bandeirantes (2007-2010) não foi alertada sobre o suposto caso da venda de emendas na Assembleia, conforme dissera o deputado Roque Barbiere (PTB).

O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2011 | 03h01

"Não houve nenhum alerta. Foi um pedido de informações, só isso. Foi um pedido de informações sobre emendas, só isso."

Questionado pelos repórteres, o ex-governador, após evento em São Paulo, enfatizou: "Não tem nenhum alerta, é um pedido de informações que veio por uma via heterodoxa, porque, em geral, quando um deputado estadual tem um pedido de informações, ele manda para a Mesa Diretora da Assembleia, a Mesa manda para o governo, que responde. Chegou lá uma carta, pedindo informações, mas nenhuma denúncia, no dia 22 de dezembro", detalhou Serra.

Barbiere afirmara ter avisado a Casa Civil do Palácio dos Bandeirantes, na gestão Serra, sobre a negociação de emendas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.