Serra completa equipe de governo na semana que vem

O prefeito eleito José Serra (PSDB) só vai anunciar os nomes que faltam de seu secretariado na próxima semana, a menos de 7 dias da posse, em 1º de janeiro. Além de três pastas existentes que ainda não foram preenchidas - Habitação, Meio Ambiente e Serviços -, o tucano também pode apresentar dois futuros secretários que concorreram às eleições para vereador, em outubro. Para cuidar de assuntos relacionados aos deficientes físicos, o nome praticamente certo é o da terceira suplente do PSDB na Câmara Municipal, Mara Gabrilli. Eleito para o segundo mandato, o vereador Gilberto Natalini surgiu ontem como possível secretário relacionado a questões dos idosos. O parlamentar é amigo de longa data de Serra e chegou a ser especulado, inclusive, para a pasta da Saúde, área prioritária da futura gestão Serra. Natalini não é o único vereador com chances de deixar o Palácio Anchieta para ir trabalhar na Prefeitura. Roberto Tripoli, o mais experiente da atual bancada tucana, e Carlos Alberto Bezerra também foram sondados, segundo o Estado apurou. A preocupação do PSDB é abrir uma vaga na Câmara para o primeiro suplente, Tião Farias, ligado à ala covista do partido e apoiado pela viúva do governador Mário Covas, Lilla Covas. Tião Farias chegou a participar de reuniões da bancada eleita do PSDB depois da vitória de Serra, no segundo turno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.