Serra cria batalhões e promove PMs

O governador José Serra sancionou lei que reformula cargos na PM. Serão extintos 766 postos de segundo tenente e criados 944 postos e graduações de outras patentes, dentro dos quadros da Polícia Militar. A medida permitirá ainda a criação de 49 novos batalhões e companhias. A sanção foi publicada no Diário Oficial do Estado no sábado.A proposta partiu do Comando da Polícia Militar e teve total apoio da Secretaria de Segurança Pública. No caso específico dos coronéis e tenente-coronéis, todas as promoções ocorrerão em um prazo de 30 dias - anteriormente aos outros remanejamentos. As demais promoções, que resultarão em um aumento salarial, devem ocorrer gradativamente, inicialmente em três datas: 15 de dezembro, 24 de maio e 25 de agosto. O projeto sancionado é anterior ao início da greve da Polícia Civil. O aumento de 6,5% proposto pelo Executivo à Assembléia, que aguarda votação, beneficia tanto agentes civis quanto PMs e servidores da Polícia Científica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.