Serra defende pena maior para adolescente criminoso

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou neste sábado ser contra a redução da maioridade penal. Serra defendeu, no entanto, a mudança do Estatuto da Criança e do Adolescente de tal forma que o menor infrator, ao completar 18 anos, seja mantido preso até cumprir toda a pena. O tema ganhou destaque nesta semana, com a morte do menino João Hélio Fernandes, de 6 anos, arrastado por um carro conduzido por assaltantes no Rio de Janeiro. Serra fez seus comentários ao participar da 2ª Festa do Ano Novo Chinês, que acontece na Liberdade, região central de São Paulo. Serra passeou pela Praça da Liberdade, tirou fotos com passantes, tomou chá verde e ofereceu alface ao Leão Chinês, que, segundo a tradição chinesa, espanta maus espíritos e leva a paz. O governador permaneceu na festa por pouco mais de meia hora.

Agencia Estado,

10 Fevereiro 2007 | 17h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.