Serra é recebido com vaias em desfile de 9 de Julho

O governador José Serra (PSDB) foi vaiado na manhã desta segunda-feira, 9, por mulheres de policiais durante desfile em comemoração aos 75 anos da Revolução Constitucionalista. Os manifestantes protestaram com faixas por causa do aumento concedidos semana passada aos policiais civis e militares, considerado baixo por eles."Foi o máximo que conseguimos", rebateu o secretário estadual de Segurança, Ronaldo Marzagão, que falou à imprensa no lugar de Serra. O governador saiu logo após o fim do desfile sem dar entrevistas.Na quinta-feira, o governo anunciou reajuste salarial e plano de carreira para policiais civis, militares e técnico-científicos. Os aumentos variaram de 3,84% a 23,43%. O reajuste, e outras cinco medidas, como o recebimento em dinheiro de um mês de licença-prêmio, depende de aprovação da Assembléia Legislativa.Segundo Marzagão, restam apenas alguns aspectos técnicos do projeto que será enviado aos deputados estaduais. "Precisamos acertar alguns pontos específicos de cada corporação (Polícia Civil, Militar e Técnico-Científica). Mas confio que, tão logo a Assembléia saia do recesso, o projeto seja aprovado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.