Serra pede mobilização nacional contra violência

O pré-candidato à presidência do PSDB, ministro da Saúde, José Serra, divulgou hoje à tarde uma nota em que aponta "o trágico episódio" do assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, como um demonstrativo da gravidade da segurança pública no Brasil. Para o ministro, é necessário uma grande mobilização nacional, "com prioridade absoluta", para conter e enfrentar a violência de forma decidida. Segundo ele, essa mobilização deve integrar todas as polícias e serviços de inteligência, "bem como os governos federal, estaduais e até dos municípios maiores". "Estou extremamente chocado com o que aconteceu", afirma Serra na nota. Ele informa que esteve com o prefeito na semana passada, "quando ele veio ao ministério fazer propostas, que acolhi, para a melhoria da saúde em Santo André". O ministro destaca que Celso Daniel "era um administrador público competente, politicamente bem preparado e um homem calmo, desses que não costumam cultivar inimigos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.