Serra pede supervisão em todas as futuras estações da linha 4

O governador de São Paulo, José Serra, disse nesta sexta-feira, 19, que já enviou uma carta ao Consórcio Via Amarela, responsável pelas obras do Metrô, para que seja feita uma supervisão de segurança em todas as futuras estações da linha 4. Ele esteve no Cemitério da Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte da capital, onde está sendo velado o corpo do motorista do microônibus Reinaldo Leite, que foi retirado na tarde de quinta da cratera aberta após o desabamento no canteiro de obras da futura Estação Pinheiros do Metrô.De acordo com reportagem da Rádio Eldorado AM, o governador permaneceu no local por cerca de 25 minutos para prestar solidariedade aos familiares do motorista. Segundo o governador, "São Paulo é uma terra de gente firme, que sabe superar as tragédias". Ainda no velório, Serra disse conversou com o presidente da seguradora do Unibanco AIG e que a empresa deverá montar um posto de atendimento para iniciar o ressarcimento aos moradores e as famílias das seis vítimas da tragédia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.