Servente morre ao tentar ajudar vítima de assalto

Um homem de 24 anos morreu ontem à tarde ao tentar ajudar a vítima de um assalto na Rua Palacete das Águias, na Vila Santa Catarina, zona sul da capital. Atingido no tórax, o servente Samuel Rodrigues dos Santos foi levado ao Hospital Jabaquara, onde morreu. O alvo dos criminosos era uma mulher de 38 anos que levava a filha de 6 anos para a escola. A mãe - que não teve o nome revelado pela polícia - reagiu e foi baleada no abdome e numa das coxas. Ela foi internada e seu quadro é estável. Os assaltantes fugiram.O crime aconteceu por volta das 13 horas. De acordo com o cabo Marcos Roberto Vieira Brito, da 1ª Companhia do 3º Batalhão, a mulher estacionou o carro do lado oposto à escola. Atravessou a rua e deixou a filha. Quando voltou, foi surpreendida por dois bandidos. "A vítima não quis entregar a chave do carro e reagiu. Os criminosos se atracaram com ela. Deram chutes e a mulher caiu no chão", disse o delegado do 35º Distrito Policial (Jabaquara), Enjolras Rello de Araújo.O servente passava pelo local e viu a cena. Parou e tentou ajudar a mulher. O assaltante que estava com um revólver atirou nele e na mãe da aluna. "Os dois assaltantes saíram correndo. Um deles entrou num Gol e o outro continuou a fuga a pé", disse o cabo Brito. A dupla fugiu sem levar nada.

José Dacauaziliquá, O Estadao de S.Paulo

17 de abril de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.