Serviços de manutenção deixam 350 mil sem água no Recife

Fornecimento será restabelecido, de forma gradativa, a partir das 20h de sexta-feira

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

10 de junho de 2010 | 08h43

SÃO PAULO - Cerca de 350 mil pessoas ficarão sem abastecimento de água por 36 horas, em Recife, em Pernambuco, por conta de serviços de manutenção do Sistema Alto do Céu, da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), responsável por 30% do abastecimento da cidade. A intervenção começou por volta das 8 horas desta quinta-feira, 10, e seguirá até as 20h da sexta-feira, 11.

 

Entre os serviços programados durante a parada está a retirada de três vazamentos em reservatórios do sistema, além da recuperação na estrutura do canal de chegada da Estação de Tratamento de Água-ETA Caixa D'água. Serão feitas ainda manutenções elétricas e substituição de válvulas na Estação Elevatória de Guabiraba.

 

Os serviços deixarão sem o abastecimento alguns bairros do Recife, além de queda de pressão em Jardim Paulista Alto e Baixo, no município de Paulista. O fornecimento será restabelecido, de forma gradativa, a partir das 20h de sexta-feira, seguindo o calendário de abastecimento de cada área.

 

No centro da capital, o abastecimento será suspenso no Bairro do Recife, Santo Amaro, Torreão e Boa Vista. Já na Zona Norte, serão afetados os bairros do Espinheiro, Aflitos, Hipódromo, Rosarinho, Campo Grande, Encruzilhada, Casa Forte, Casa Amarela, Jaqueira, Mangabeira, Bomba do Hemetério, Parnamirim, Poço da Panela, Santana, Tamarineira, Vasco da Gama, Água Fria, Arruda, Beberibe, Cajueiro, Campina do Barreto, Fundão, Ponto de Parada e Porto da Madeira.

 

Também serão afetados com a paralisação as comunidades do Alto Santa Terezinha, Alto dos Coqueiros, Alto do Pereirinha, Alto do Brasil, Alto José Bonifácio, Alto do Deodato, Alto do Pascoal e Alto do Paraguai, além do Córrego do Jenipapo.

Tudo o que sabemos sobre:
Recifeabastecimentoáguamanutenção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.