Servidor reage a assalto em ônibus e morre

Um funcionário do Ministério Público Estadual (MPE) foi morto, por volta das 20h30 de anteontem, ao reagir a um assalto no interior de um ônibus da Viação Sambaíba. O crime ocorreu quando o veículo, da linha 701-U (Jaçanã-Butantã/USP), passava pela Rua Minas Gerais, em Higienópolis, região central de São Paulo. Luiz Carlos Cravo, de 42 anos, reagiu à abordagem e lutou com um dos assaltantes. O outro bandido, armado, deu várias coronhadas na vítima e disparou três vezes contra o servidor do MPE. Na seqüência, o trio obrigou o motorista a parar o ônibus e fugiu. Policiais militares conseguiram deter um dos assaltantes. Os outros seguiam foragidos ontem à tarde. Luiz Carlos foi encaminhado ao pronto-socorro do Hospital das Clínicas, onde morreu. O caso foi registrado no 4.º Distrito Policial, na Consolação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.