Servidores da Justiça de SP fazem assembléia no dia 8

Os servidores do Poder Judiciário do Estado de São Paulo, em greve há mais de dois dois meses, só devem se reunir em nova assembléia estadual na próxima quarta-feira. Até lá, não há perspectiva da categoria retornar ao trabalho. Enquanto isso, cerca de 12 milhões de processos estão parados em todo o Estado. De acordo com o comando da paralisação, os funcionários só retomam suas atividades quando o Tribunal de Justiça acenar com uma proposta concreta de reajuste salarial. Nesta terça-feira, numa assembléia regional em Bauru, cerca de 350 funcionários de 20 cidades do interior de São Paulo resolveram continuar de braços cruzados. A decisão foi tomada apesar da determinação de descontar os dias parados. As informações são do Bom Dia SP, da TV Globo.

Agencia Estado,

01 de setembro de 2004 | 11h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.