Servidores entram em greve em Ribeirão (SP)

Os servidores públicos municipais de Ribeirão Preto entraram em greve nesta segunda-feira. Eles pedem 73,38% de aumento salarial, incorporação aos vencimentos do abono de R$ 50 e ainda reajuste no vale-alimentação, entre outros pontos de uma extensa pauta com mais de 60 itens. São 8 mil servidores ativos e 3 mil inativos e a avaliação inicial do sindicato da categoria é de que a greve está atingindo 50% das secretarias e repartições públicas. Na Secretaria da Educação a paralisação atinge 100% e na da Saúde o atendimento é apenas de urgência e emergência.Uma reunião entre sindicalistas e o secretário de Governo Newton Mendes Garcia tentará pôr fim à greve. A prefeitura ofereceu inicialmente apenas 4% de reajuste e concordou em incorporar o abono ao salário. Os servidores recusaram a proposta. Uma nova assembléia nesta segunda-feira, às 18h, decide o futuro da paralisação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.