Sete consórcios e uma empresa apresentam propostas para Rodoanel

Sete consórcios e uma empresa apresentaram nesta quinta-feira propostas de projetos de engenharia para a construção do trecho sul do Rodoanel de São Paulo à Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa). A partir de agora, a Comissão de Licitação, comandada por técnicos da Dersa, vai avaliar quais empresas serão habilitadas para a concorrência. A Secretaria Estadual dos Transportes divulgará o resultado no fim da semana que vem. Em seguida, o governo deve marcar a data de início do projeto. Segundo a assessoria da secretaria, 53 companhias inicialmente se mostraram interessadas em participar, mas nem todas apresentaram propostas.As obras do trecho sul deverão começar somente em 2002, embora o plano inicial estipulasse o início para este ano. O seu custo ainda está sendo estudado. O trecho sul do Rodoanel, com 52 km, ligará a avenida Papa João 23, no município de Mauá, à Rodovia Régis Bittencourt, onde se conecta ao trecho oeste do Rodoanel. Vai cruzar as rodovias Anchieta (SP-150) e Imigrantes (SP-160), que levam ao Porto de Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.