Sete presos fogem da carceragem de delegacia de Paranaguá

Para fugir, os presos romperam uma porta da carceragem que estava desativada

Ítalo Reis, estadao.com.br

11 Agosto 2008 | 16h12

Sete pessoas fugiram do setor de carceragem da Delegacia de Paranaguá, a cerca de 90 quilômetros de Curitiba, na madrugada desta segunda-feira, 11. Segundo a Polícia Civil, outro detento também ia escapar, mas foi impedido por policiais que estavam no local. Atualmente, cerca de 200 detentos estão presos no local.   Para fugir, os presos romperam uma porta da carceragem que estava desativada e dá acesso ao solário, onde arrancaram uma grade e escaparam com auxílio de uma "teresa", espécie de corda feita com roupas ou lençóis amarrados. Neste momento, os agentes que estavam no local impediram que outros detentos fugissem. Havia cerca de 100 homens na ala onde ocorreu a fuga.   Conforme informações da delegacia, um dos fugitivos acionou o advogado e pretende se entregar ainda nesta segunda-feira. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, não ocorriam fugas na delegacia há dois anos.

Mais conteúdo sobre:
fuga Paranaguá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.