Shopping não altera rotina depois de acidente que deixou 9 feridos

Pouco mais de 12 horas depois de umacidente deixar nove feridos, entre eles um garoto de 8 anosque teve traumatismo craniano, o Shopping Eldorado abriu asportas hoje como se fosse um sábado normal. A diferença era oisolamento da área onde parte do reboco de uma viga caiu e acuriosidade de quem passava por lá. O casal Ednilton João de Souza e Maria Aparecida LopesSouza, pais de Lucas, de 8 anos, Vitória, de 5, e Pamela, de 10,estava atônito e só foi ao Eldorado para pagar uma conta. "Nahora de construir, tudo é rápido, mas na hora da manutenção, apreocupação não é a mesma." As lojas abriram normalmente. Não se constatou indíciode infiltração, mas um laudo definitivo ainda será feito. Emnota, a administração garantiu que vai acompanhar a recuperaçãodos feridos. Internado no Hospital das Clínicas (HC), Lucas de MouraBraga Gomes, de 8 anos, foi operado durante a madrugada - eleteve traumatismo craniano e hemorragia interna. A cirurgia durou2 horas. Por volta de 8 horas, ele acordou e conversou com opai. Segundo a Assessoria de Imprensa do HC, o estado do garotoé estável, mas os médicos optaram por mantê-lo por mais algumashoras na UTI. O acidente não deve deixar seqüelas. A mãe de Lucas, Deise Aparecida Moura Braga, de 38 anos,também ferida no acidente e que havia sido levada para oHospital São Luís, foi liberada durante a madrugada. Deise eLucas estavam na escada rolante quando parte do reboco caiusobre eles.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.