Sigilo telefônico de acusados de matar mendigos é quebrado

A Justiça concedeu a quebra do sigilo telefônico dos três policiais militares acusados de matar moradores de rua em São Paulo. Segundo as investigações, os PMs fariam parte de um grupo de segurança clandestino e teriam envolvimento com o tráfico de drogas.Outros sete pessoas podem ter participado dos crimes. De acordo com o Jornal SPTV, da TV Globo, elas já estão sendo procuradas. A polícia vai pedir agora a quebra do sigilo bancários desses suspeitos de envolvimento nos crimes.

Agencia Estado,

18 de setembro de 2004 | 14h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.