Sindicalista é preso por tráfico em Buritama

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Buritama, na região de Araçatuba, Elias José da Silva, 35 anos, está preso na cadeia da cidade, acusado de tráfico de drogas. Ele foi surpreendido hoje à tarde pela Polícia Militar transportando quase meio quilo de maconha em um veículo Corcel II.Segundo o delegado de Buritama, José Jorge Bonato, a droga estava dentro de uma pasta na qual Silva também levava documentos do Sindicato dos Servidores Municipais. Ao ser preso, o sindicalista estava acompanhado do desempregado Marcelo Bento de Araújo, 27 anos, que tem antecedentes por porte de entorpecente e furto.Ainda de acordo com o delegado, Araújo era uma das pessoas arregimentadas por Silva para vender maconha na cidade, que fica a 40 quilômetros de Araçatuba e tem apenas 15 mil habitantes. "Ele transitava para cima e para baixo com a pasta, que era o seu disfarce, e entrava na casa de muitas pessoas", declarou Bonato, referindo-se ao sindicalista.Em seu interrogatório, Silva negou ser traficante. O acusado vinha sendo vigiado pela polícia há dois meses. "Recebemos várias denúncias anônimas de que ele traficava", afirmou Bonato. Caso seja condenado, o sindicalista pode pegar até 15 anos de prisão. Na Prefeitura de Buritama, onde Silva é encarregado do setor de licitações, o advogado Antônio José Zacarias disse que a administração ainda não sabe o que vai fazer com ele. "Vamos esperar as conclusões da investigação policial", informou o advogado.No Sindicato dos Servidores Municipais, Silva deverá ser substituído, pelo menos enquanto estiver preso, pelo vice-presidente Noir Souza de Oliveira, que não foi encontrado para dizer se a entidade pretende tomar alguma medida contra o presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.