Sindicato de aeroportuários adia decisão sobre greve em Campinas

O Sindicato Nacional dos Aeroportuários adiou para data ainda não determinada a assembléia que decidirá sobre o movimento de greve dos cerca de 850 funcionários de empresas terceirizadas que prestam serviços à Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeoroportuária (Infraero) no Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. O movimento de greve foi suspenso até que o Sindicato possa mobilizar os funcionários. A assembléia deveria ter ocorrido ontem, mas os dirigentes sindicais alegam que não tiveram acesso aos trabalhadores. De acordo com o Sindicato, as empresas criaram um sistema de segurança para impedir o contato com os empregados. As reivindicações da entidade, que pretende convencer os trabalhadores a aderirem ao movimento, incluem equiparação de salário por função, pagamento de periculosidade e insalubridade, expediente de seis horas de trabalho e compensação de horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.