Sindicato pára empresa de ônibus na zona Sul de SP

Os motoristas e cobradores da Viação Pacto (antiga Jabaquara), que atende a bairros da zona Sul da capital paulista, desde às 4h desta quarta-feira foram obrigados a paralisar suas atividades por um grupo de colegas ligados ao sindicato da categoria e pelos próprios sindicalistas. O motivo da paralisação é o fato de a direção da empresa estar descontando dos salários dos cobradores os valores das passagens que foram pagas com passes falsos. Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans), apesar de terem sido instalados dispositivos, junto às catracas, que detectam estes tipos de passes, muitos estavam sendo aceitos pelos cobradores, o que gerou a punição por parte da empresa, que não quer arcar com o prejuizo.A Viação Pacto possui 160 ônibus e opera 10 linhas, em bairros como Jardim Eliana, Jardim Primavera, Grajaú, entre outros. Os funcionários e sindicalistas estão reunidos em frente à garagem da empresa, na Avenida Engº George Corbisier, nº 1.100, no Jabaquara. A SPTrans já acionou a operação Paese, remanejando 82 ônibus de outras empresas para circularem no lugar dos 160 parados, o que não garante a normalização do transporte para passageiros que utilizam uma das 10 linhas prejudicadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.