Sistema permite pagamento do ISS pelo computador

Desde a sexta-feira está valendo a Declaração Eletrônica de Serviços (DES), criada pela Prefeitura para facilitar a escrituração dos documentos fiscais relativos ao Imposto Sobre Serviços (ISS). A novidade foi lançada por Marta Suplicy (PT) e pelo secretário municipal das Finanças, João Sayad.A Prefeitura tem cadastro de 1,5 milhão de contribuintes do ISS, que proporcionam receita de R$ 2 bilhões. "Trata-se de uma iniciativa pioneira de modernização da administração e simplificação da questão tributária", disse Marta. "O DES vai facilitar a vida contribuinte e prejudicar a do sonegador."Sayad explicou que o DES é um programa que o declarante instala em seu computador para escriturar os documentos fiscais emitidos - como notas fiscais, faturas de serviço e cupom fiscal - e os documentos recebidos relativos a serviços tomados de terceiros. "O contribuinte agora poderá fazer toda a escrituração e o pagamento do imposto pela internet."O secretário destacou, que por meio do site da Prefeitura (www.prefeitura.sp.gov.br/des), o interessado vai poder fazer o download do programa, acessar o manual do usuário e o ícone "perguntas mais freqüentes e respectivas respostas", além de obter notícias relacionadas à DES e o calendário de implantação do serviço.A Prefeitura também fez 60 mil CDs com o programa, destinados aos contadores, que poderão retirá-los gratuitamente na Secretaria das Finanças, na Rua Brigadeiro Tobias, 691, e na Companhia de Processamento de Dados do Município (Prodam), na Rua Leandro Dupret, 505.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.