Situação é crítica no Vale do Itajaí, avalia Defesa Civil de SC

Depois da região norte do Estado ser atingida pelas chuvas, região sul catarinense sofre com as enchentes

Agência Brasil,

06 de janeiro de 2009 | 11h38

O major Márcio Luiz Alves, diretor da Defesa Civil de Santa Catarina, afirmou nesta terça-feira, 6, que a situação ainda é crítica no Vale do Itajaí, região ao norte do Estado atingida pelos fortes temporais em novembro do ano passado. Segundo ele, a Defesa Civil estadual já conseguiu liberar a maioria dos acessos, mas a infra-estrutura local ficou bastante prejudicada.   Veja também: Trecho da BR-101 em SC é liberado para caminhões  Todas as notícias sobre vítimas das chuvas   "Há um número muito grande de rodovias com problema. Estamos trabalhando na recuperação dos acessos, estabilizando as encostas, porque a situação ainda é crítica. Ainda temos deslizamentos no Vale do Itajaí", disse o diretor, em entrevista ao programa Notícias da Manhã, da Rádio Nacional.   Alves lembrou que, diferentemente do que aconteceu no final de 2008, as chuvas este ano causam transtornos também na região sul do Estado. A BR-101, que liga Florianópolis ao Rio Grande do Sul, continua com problemas e a previsão do major é que a rodovia permaneça interditada pelo menos mais um dia.   "A água ainda está sobre a pista, temos uma lâmina de 1 metro de altura. O Rio Ararangua - que tem seu nível de alerta em 2,5 metros - chegou a 4,5 e, neste momento, está em 3 metros. Ele baixa de maneira bastante lenta, até porque temos uma ressaca do mar que está impedindo uma evasão maior do rio e deixando várias comunidades alagadas. Algumas delas, inclusive, com as casas submersas."   Até o momento, a Defesa Civil de Santa Catarina contabiliza 32.853 desabrigados e desalojados. "Alguns deles não terão mais para onde voltar, porque as casas foram destruídas", ressaltou Alves. No total, já foram confirmadas 135 mortes e seis pessoas continuam desaparecidas.   Mas as chuvas, segundo o major, devem dar uma trégua no Estado. A previsão é de tempo bom para os próximos três dias, com sol, e chuvas localizadas apenas no fim de semana. "Facilita bastante o nosso trabalho", avaliou o diretor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.