Situação nas estradas é boa, com poucos trechos de lentidão

Maior parte da morosidade é por conta de excesso de tráfego; CET prevê saída de 1,4 milhão de veículos

estadao.com.br,

31 de outubro de 2009 | 10h50

A maioria das estradas que ligam a capital ao litoral e ao interior têm tráfego tranquilo na manhã deste sábado, 31, apesar da previsão da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de que 1,4 milhão de veículos deixariam a cidade neste feriado prolongado de Finados.

 

As rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares tinham o trânsito normal por volta das 10 horas deste sábado. A Rodovia dos Bandeirantes também flui normalmente, apesar da fila de veículos que começa a se formar por conta do pedágio na região do Campo Limpo.

 

Os motoristas que estão no sistema Anchieta-Imigrantes também não enfrentam problemas, apesar de alguns focos e lentidão no sentido litoral e na alça de acesso à rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do quilômetro 276.

 

A Dutra também tem poucos trechos de morosidade tanto na pista expressa como na marginal no sentido Rio de Janeiro. Apenas na região de São José dos Campos a via apresenta um trecho de dois quilômetros de lentidão, na altura do quilômetro 144, por conta de um acidente.

 

No trecho fluminense, a Dutra apresenta dois pequenos focos de lentidão sentido Rio de Janeiro em dois pontos, nos quilômetros 164 e 176 por cota do excesso de veículos.

 

A Rodovia Régis Bittencourt, que dá acesso ao sul do País, há lentidão em ambos os sentidos somente na região da Serra do Cafezal devido ao grande número e veículos.

 

Na Fernão Dias sentido São Paulo, há morosidade em alguns pontos. No sentido Belo Horizonte, há lentidão no quilômetro 90 por excesso de veículos e um grande trecho de baixa velocidade no quilômetro 46 devido aos motoristas que param para olhar um veículo envolvido em um acidente retirado para o acostamento.

Tudo o que sabemos sobre:
estradasferiadoFinadostrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.