Situação tranquila nos principais aeroportos do País

O movimento é tranqüilo nos principais aeroporto do País nesta segunda-feira, 30, feriado prolongado do Dia do Trabalho, de acordo com o site da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero).O Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, até às 9h40, tinha apenas um vôo fora de horário. O vôo da companhia Pantanal procedente de Juiz de Fora deveria ter aterrissado às 9h04, mas, de acordo com o site da Infraero, ainda não tem previsão de chegada.Já o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, registrou oito atrasos entre chegadas e partidas. O caso mais complicado é de um vôo da companhia TAM que deveria sair às 9h10, com destino à Londrina, mas ainda não tem previsão de partida. O site da Infraero apontou também 18 cancelamentos, entre chegadas e partidas, da empresa aérea Gol. A companhia informou que o cancelamento das operações já estava programado.O Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília, não apresentou atrasos até às 9h40, mas também foi afetado pelos cancelamentos da companhia Gol. De acordo com o site da empresa que administra os aeroportos, Brasília registrou oito vôos cancelados da empresa, todos domésticos.O número de vôos fora de horário no Aeroporto Antonio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, chegou a oito, até às 9h40. Segundo informações do site da Infraero, as demoras não ultrapassam duas horas. Um vôo com destino Argentina, foi inicialmente previsto para sair às 13h10 e ocorrerá apenas às 14h40.O Aeroporto Santos Dumont, também no Rio de Janeiro, não registrou, até às 9h40, nenhum vôo atrasado. Mas o site da Infraero informou que oito vôos, todos domésticos, foram cancelados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.