Skinhead é condenado a 3 anos de prisão

O skinhead Jorge da Conceição Soler, de 21 anos, foi condenado hoje a três anos e quatro meses de prisão em regime aberto, por formação de quadrilha e tentativa de assassinato contra Dário Pereira. A vítima estava com o adestrador de cães Edson Neris da Silva na Praça da República, em fevereiro do ano passado, quando foram atacados por um grupo de skinheads, do qual Soler fazia parte. Pereira conseguiu fugir, mas Edson, que tinha 35 anos na época, foi espancado até a morte. Soler também é acusado de homicídio triplamente qualificado contra o adestrador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.