Só economia salva São Paulo da falta de água

A região metropolitana de São Paulo terá de buscar água cada vez mais longe para abastecer seus 17 milhões de habitantes, se não aprender a economizar. Técnicos e especialistas que estudam e administram os recursos hídricos da maior cidade da América do Sul divergem na busca de solução para o problema, mas todos estão de acordo que, sem uma radical mudança de hábitos do consumidor, as torneiras vão acabar secando.Leia mais no Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.