Sobe para 12 o número de ônibus depredados em SP

Subiu para 12 o número de ônibus depredados em função da greve iniciada nesta segunda-feira por motoristas e cobradores na capital paulista. Segundo a SPTrans, empresa que administra o transporte coletivo na cidade, os 12 carros pertencem à Viação Santa Brígida, que opera linhas entre a zona oeste e a região central de São Paulo. Apesar da paralisação ser praticamente total, a companhia chegou a colocar 50 ônibus em operação estas manhã, mas por causa das depredações apenas 33 coletivos da empresa estão circulando.Duas pessoas que viajavam nos ônibus ficaram feridas e foram levadas para o Pronto-Socorro da Lapa. Outros 80 carros da Cooperativa Comunitária de Transporte Coletivo (CCTC) continuam circulando pela cidade na tentativa de atender aos passageiros. A SPTrans aguarda agora o resultado da reunião de conciliação marcada para as 15 horas, no Tribunal Regional do Trabalho (TRE). Apesar das depredações, a Polícia Militar não informou nenhuma prisão de manifestantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.