Sobe para 30 mil número de desabrigados no Rio

As fortes chuvas que caíram durante três dias no norte fluminense provocaram o aumento do número de desabrigados, de 2.484 para 30.036, segundo levantamento da Defesa Civil Estadual. Somente em Santo Antonio de Pádua, 20 mil pessoas estão desalojadas e 400 desabrigadas. Pelo menos 15 cidades sofreram conseqüências do mau tempo e cinco municípios estão em estado de emergência. O governador Sérgio Cabral deve visitar hoje a região e anunciar medidas emergenciais. Santo Antonio de Pádua, local mais atingido, está em estado de emergência desde ontem. O prefeito, Fernando Padilha, não descarta a possibilidade de decretar calamidade pública. A cidade está com 90% da área urbana alagada, sem energia em cerca de 50% das casas. O comércio não está funcionando e o abastecimento de água foi interrompido. O hospital e as duas casas de saúde tiveram de transferir seus pacientes para cidades vizinhas.Além de Pádua, decretaram emergência os municípios de Itaperuna, Cardoso Moreira (que está isolado), Italva, Laje do Muriaé e Campos. Outros dez municípios da região poderão decretar estado de emergência. Por causa da chuva, prevista até o fim do ano, a produção de leite também foi prejudicada na região. De acordo com o secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, são 30 mil litros de leite perdidos por dia por causa da dificuldade em escoar a produção. SANTA CATARINAA Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina confirmou ontem 242 casos de leptospirose no Estado. Foram notificados 1.638 casos suspeitos - 762 estão em análise.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.