Sobe para 41 número de cidades em emergência em Minas Gerais

Quatro municípios decretaram situação emergencial por causa das chuvas que atingem o Estado

Juliane Freitas, do estadão.com.br,

29 de dezembro de 2011 | 15h58

SÃO PAULO - Sobe para 41 o número de cidades em estado de emergência em Minas Gerais. Quatro cidades de diferentes regiões decretaram situação emergencial nesta quinta-feira por causa das chuvas que atingem o Estado.

Em Lima Duarte, na Zona da Mata, pontes e estradas foram danificadas por fortes chuvas no último dia 26. Em João Pinheiro, na região noroeste do estado houve inundações após forte precipitação no dia 20. Em Juatuba, na região central de Minas, enxurradas Causaram danos. A última cidade a entrar em emergência foi Passagem, também na região central do estado, após sofrer com enchentes causadas por chuvas no último dia 21.

As grande incidência de chuvas causa estragos em todo o estado desde outubro. Um homem de 43 anos morreu em Reduto ao ser atingido por um eucalipto no dia 28 de outubro, e uma mulher de 27 anos morreu ao ser surpreendida pela súbita elevação do nível d’água às margens do córrego Figueirinha, em Governador Valadares, no dia 19 de novembro. Mais de 2 milhões de pessoas foram prejudicadas em 96 municípios. Há 9320 pessoas desalojadas e 391 desabrigadas. 82 casas foram destruídas.

A previsão é que continue chovendo forte no estado até o dia 4 de janeiro.

Mais conteúdo sobre:
Minas Geraisemergência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.