Sobe para 45 número de cidades em emergência em Santa Catarina

Segundo Defesa Civil, chuvas já afetaram quase 217 mil pessoas; mais de 7 mil estão desalojados

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias

29 de abril de 2010 | 15h19

SÃO PAULO - Subiu para 45 o número de municípios catarinenses em situação de emergência nesta quinta-feira, 29, por conta das chuvas que atingiram o Estado nos últimos dias.

 

De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil estadual, as chuvas já afetaram 70 cidades, prejudicando quase 217 mil pessoas. Deste total, 7.296 estão desalojados - pessoas que podem contar com a ajuda de vizinhos e familiares - e outros 954 ficaram desabrigados - os que perderam tudo e precisam de abrigos públicos.

 

Até agora, dez pessoas ficaram feridas e não há registros de mortos ou desaparecidos.

 

Um dia depois de alcançar o maior nível do ano (8,46 metros), o mais importante rio de Santa Catarina, o Itajaí-Açú, começou a baixar. A última medição, realizada pela Defesa Civil de Blumenau, registrou o patamar de 4,27 metros.

 

A Defesa Civil já não está em estado de alerta, mas continua monitorando o rio que transbordou, provocando alagamentos de ruas, prédios públicos, postos de saúde, escolas e estabelecimentos comerciais no município de Taió, na área central do Estado.

 

Próximos dias

 

A previsão para sexta é de sol na maior parte do Estado, com possibilidade de chuva isolada à noite, segundo o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram).

 

A Defesa Civil de Santa Catarina deve enviar amanhã (30), ao Ministério da Integração Nacional, o pedido de R$ 10 milhões para reconstruir as cidades atingidas pelas enchentes. A instituição aguarda apenas que algumas prefeituras concluam o relatório completo de danos.

 

(Com reportagem da Agência Brasil)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.