Sobressaltos marcam nova gestão de Roseana

MARANHÃO

Ernesto Batista, O Estado de S.Paulo

10 Abril 2011 | 00h00

O novo governo de Roseana Sarney (PMDB) começou com sinais da continuidade do mandato que ela assumiu em 2009, com a cassação do pedetista Jackson Lago - morto no início da semana. Mas em fevereiro, surgiram sinais de que ela não teria vida fácil. Rebelião em uma delegacia no interior desencadeou uma crise no sistema penitenciário ainda não resolvida. No mesmo mês, ela foi internada às pressas com sangramento na porção final do sistema digestivo e foi submetida a uma cirurgia. O Estado padece com uma dívida estimada em R$ 2 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.