Sobrinho de Agaciel Maia é preso no RN

A Polícia Federal do Rio Grande do Norte desarticulou uma quadrilha que desviou R$ 2 milhões em superfaturamento das obras de duplicação da BR-101, no trecho entre a cidade de Arez (RN) e a divisa com a Paraíba. Entre os acusados está o diretor regional do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT), Gleidson Maia, sobrinho do ex-diretor geral do Senado Agaciel Maia e do deputado João Maia (PR-RN). Além dele, foram presos o superintendente do órgão no Estado, Fernando Rocha, e outras quatro pessoas.

Anna Ruth Dantas ESPECIAL PARA O ESTADO NATAL, O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2010 | 00h00

As prisões da Operação Via Apia começaram na tarde de quinta-feira, quando foram detidos Gleidson Maia e um empresário do Paraná. Os dois estavam no estacionamento de uma churrascaria, na zona sul de Natal, e foram presos no exato momento em que o sobrinho de Agaciel Maia recebia R$ 50 mil.

Nas buscas realizadas em Natal, a polícia encontrou R$ 258 mil, 10 mil dólares e 900 euros. Gleidson foi indicado ao cargo no DNIT por João Maia, que é presidente estadual do PR e teria no sobrinho um "homem de confiança". Gleidson chegou a ser cotado para a diretoria geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN), mas recusou o convite alegando que "seria muito mais útil" no DNIT.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.