Sócios e namorada pela internet

O programador de software Gregori Macario Harbs, de 21 anos, veio de Indaial, cidade de 75 mil habitantes de Santa Catarina, para encontrar em São Paulo, na Campus Party, os novos sócios que poderão mudar o seu futuro. Ele conheceu os três, programadores, pela internet. Todos são de Belém (PA). "Vou me mudar para o Norte. Vamos fazer programas de gestão de pequenas e médias empresas", conta Harbs, que já mexia com o computador do pai aos 4 anos. Com 8 anos, já montava e desmontava as máquinas. Os quatro farão a primeira reunião no evento.O coração ajudou Harbs a tomar a decisão radical de mudar de Estado. Ele namora uma paraense há um ano e meio e agora vai viver de perto sua paixão quase virtual - os dois só se encontraram uma vez desde que o namoro começou."Mesmo pela internet, foi possível manter a paixão acesa. Sou romântico. Declamo para ela poemas na webcam e também nos falamos via skype. Conseguimos nos divertir participando dos mesmos joguinhos. Mas a saudade eu só alivio mesmo com o contato cara a cara. Por isso, preciso ir lá para Belém", afirma. A namorada, lamenta Harbs, não pôde vir para a Campus Party.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.