Sol, calor e ar seco na capital paulista nesta sexta

Massa de ar seco impede a entrada de frente fria e formação de chuva no Estado

Josélia Pegorim,

15 de junho de 2007 | 07h58

Como em praticamente toda a semana, uma grande massa de ar seco predomina sobre São Paulo e impede a formação de nuvens carregadas e, com isso, que a chuva chegue na cidade e melhore as condições do ar. O dia segue com muito sol e temperatura elevada para esta época do ano, a máxima pode chegar aos 28 graus na capital nesta sexta-feira, 15. No sábado, 16, o tempo muda um pouco e o sol ainda aparece, mas uma frente fria que avança pelo mar por todo litoral paulista e provoca aumento de nuvens e chuvisco à noite nas praias, na região metropolitana e nos Vales do Paraíba e do Ribeira; a mínima prevista na capital é de 14 graus e a máxima não deve passar dos 26 graus. Umidade Os baixos índices de umidade registrados nos últimos dias são normais nesta época do ano. Na tarde de quinta, o ar seco ainda mais no norte mineiro e a umidade relativa em Montes Claros caiu para 15%. Se chovesse, a umidade aumentaria, mas não chove porque o ar está muito seco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.