Sol reaparece nesta terça-feira em São Paulo

A frente fria que passou forte e rápida pelo Estado de São Paulo, encerrando a estiagem que já durava um mês na capital, vai provocar chuva apenas no Vale do Paraíba e no litoral norte, nesta terça-feira, 27. Na capital e no interior, a chegada de uma massa de ar polar diminui as nuvens e o sol aparece, de acordo com o meteorologista da empresa Climatempo André Madeira.Nesta segunda, 26, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 13,8 milímetros de chuva na estação do Mirante de Santana, na zona norte, até as 9 horas. As temperaturas ficaram entre a mínima de 16,3 e a máxima de 19,9 graus, mas o vento moderado e úmido que soprou sobre a cidade aumentou a sensação térmica de frio. A umidade relativa do ar, que andava em torno de 40% nas tardes dos últimos dias, foi de 72% às 15 horas. Amanhã, faz frio em todas as regiões do Estado e o mar fica agitado na costa paulista por causa do ciclone extratropical na costa da Região Sul. As temperaturas ficam entre 10 e 17 graus na capital, 14 e 23 nas praias, 6 e 12 em Campos do Jordão e 15 e 26 no norte.Na quarta-feira, 28, o sol predomina no interior e ainda chove um pouco nas praias. Na região metropolitana, o céu fica nublado e a temperatura em declínio, entre 9 e 14 graus. A partir de quinta-feira, o céu abre na Grande São Paulo e, na sexta, o tempo também fica firme nas praias.AlagamentosA chuva desta segunda-feira, 26, provocou pelo menos oito pontos de alagamento transitáveis na capital. Três deles continuam ativos, estando dois na região central e um na zona sul da cidade. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), um dos trechos alagados está na Rua Maria Domitila, na altura do número 341, sentido bairro, na região central da cidade. Ainda na região central, o CGE registrou alagamento na Rua da Figueira, junto ao Metrô Dom Pedro II. Um outro trecho alagado está na Praça Gaúcha, sob a Rodovia Anchieta, na zona sul da capital paulista. Acompanhada de queda de temperatura e de ventos fortes, a tempestade desta manhã deixou o céu da capital escuro, por volta das 8h30, e complicou o trânsito. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 9h30 foram registrados 123 quilômetros de lentidão, bem acima da média para o período, que é de 81 quilômetros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.