Sol só aparece no domingo

A previsão do meteorologista da InfoTempo Carlos Repelli para este sábado é de tempo fechado, com chuvisco ocasional em São Paulo, no litoral, na Serra da Mantiqueira, no Vale do Paraíba e no sul. No restante do Estado, o céu fica parcialmente nublado. No domingo, haverá sol na maior parte das regiões.A média histórica das chuvas em novembro em São Paulo é de 135,9 milímetros e, até as 16 horas desta sexta-feira, o acumulado do mês era de 206 milímetros, segundo a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Micheline de Souza Coelho.As chuvas que atingiram nesta quinta-feira a cidade de São Paulo e a região do ABC não foram consideradas excepcionais pelos técnicos, embora tenha havido precipitação média de 60 mílímetros no período das 15 às 17 horas. Mesmo assim, o Rio Tamanduateí e afluentes, como os Ribeirões dos Meninos e dos Couros, transbordaram, o que não deveria ocorrer."Com base nas estatísticas, chuvas nessa quantidade costumam ocorrer na região de cinco em cinco anos", disse o professor de hidráulica Mário Tadeu Leme de Barros, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). "Como a microdrenagem dessa área está dimensionada para suportar chuvas mais fortes, que ocorrem no período de 10 a 15 anos, não deveria haver danos", afirmou."As estatísticas são cruéis, pois a decorrência de uma chuva de cinco anos pode atingir a cidade hoje ou depois de amanhã", destacou o secretário Mauro Arce, de Recursos Hídricos. Ele reconheceu que, se existisse o piscinão do Ribeirão dos Meninos, no Demarchi, o impacto das chuvas seria menor.O secretário anunciou que em janeiro do ano que vem serão concluídas as obras dos reservatórios dos Ribeirões dos Meninos e dos Couros, em Diadema. O Mercedes, em São Bernardo, ficará pronto no fim de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.