Soldado da PM é morto a tiros na zona leste de SP

Com 3 tiros, um deles no rosto, o soldado da Polícia Militar José Eduardo Gonçalves de Freitas, foi executado, no final da noite de segunda-feira, quando caminhava pela Rua Frei Gaspar, na altura do nº 250, região do Belenzinho, na zona leste da capital paulista. Freitas, que entrou na Polícia Militar em 1997 e era lotado na 2ª Companhia do 3º Batalhão de Choque, atuava no Controle de Distúrbios Civis (CDC).Segundo a polícia, ele estava de folga, mas, além de uma calça jeans, vestia as botas e o cinto da corporação. No momento em que policiais militares chagaram ao local, já encontraram o soldado morto. A informação da PM é de que José Eduardo não estava a caminho do serviço. Não há testemunhas para o caso, que foi registrado no 8º Distrito Policial (Brás/Belém) pela delegada Regina Célia Issi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.