Soldado da PM é morto a tiros na zona leste de SP

O soldado Willian Cardoso Rodrigues, de 29 anos, que atuava na Guarda do Palácio dos Bandeirantes, sede do executivo paulista, no bairro do Morumbi, zona sul da capital, foi encontrado morto, por volta das 22 horas de segunda-feira, dentro de seu veículo, Avenida Itaquera, região de Artur Alvim, zona leste da cidade.Segundo a Polícia Civil, o policial militar, que estava à paisana, foi atingido com um tiro na cabeça e, ao perder o controle do carro, bateu o Astra contra um poste. Willian teria trocado tiros com supostos assaltantes e acabou levando o tiro ao reagir ao assalto. O caso foi registrado no 65º Distrito Policial, pelo delegado Gustavo André Alves, e será investigado pela equipe E-Leste do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.