Soldado da rota é morto a tiros na porta de casa

O soldado Clemilton Marques de Oliveira, de 29 anos, lotado no 01º Batalhão de Choque da Polícia Militar e que atua nas Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), foi assassinado, no final da noite de domingo, próximo de sua casa, em Vila Progresso, região de Itaquera, na zona leste da capital paulista.À paisana e no seu dia de folga, Clemilton foi abordado por três homens armados no momento em que preparava-se para entrar em casa. Segundo a Polícia Militar, o soldado foi atingido por pelo menos 12 tiros, sendo que seis deles no rosto. O soldado ainda foi levado ao pronto-socorro do Hospital Planalto, mas não resistiu e morreu.Nada foi levado da vítima e, segundo o que está sendo apurado pela polícia, os atiradores não teriam anunciado assalto. Acredita-se que o crime tenha sido motivado por vingança. O assassinato foi registrado no 63º Distrito Policial, de Vila Jacuí. Clemilton já estava há mais de cinco anos na corporação e, casado, completaria 30 anos de idade no próximo dia 30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.