Soldado é baleado por colega em São José dos Campos

O soldado do Comando Gerla de Tecnologia Aeroespacial (CTA) de São José dos Campos Thiago de Oliveira Nogueira, de 20 anos, foi atingido com um tiro na cabeça por um colega de trabalho na manhã desta sexta-feira, 27. O tiro foi disparado por pelo soldado Willian Berg Leão Pereira, de 20 anos, por volta das 9 horas dentro das instalações do Batalhão de Infantaria da Aeronáutica. De acordo com a assessoria de imprensa do CTA, o tiro foi acidental "conforme investigação preliminar". O soldado Thiago foi socorrido inicialmente na emergência da Divisão de Saúde do CTA e, em seguida, encaminhado ao Pronto Socorro Municipal, onde foi diagnosticada grave lesão cerebral. Ainda segundo o CTA, o soldado Willian foi preso em flagrante e permanecia detido nas dependências do Batalhão. No Pronto-Socorro municipal a informação da equipe médica, por volta das 13 horas, era de que a vítima estava em processo de morte cerebral. O caso foi registrado no 7º Distrito Policial de São José dos Campos. Além da sindicância aberta pelo próprio CTA para apurar as causas do suposto acidente, a Polícia Militar também investigava as circunstâncias em que o tiro ocorreu. Há suspeita que os dois estivessem brincando de "roleta-russa" durante o trabalho. A polícia não confirmou a hipótese até agora. Ninguém da família da vítima quis comentar o assunto.

Agencia Estado,

27 Abril 2007 | 17h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.