Soltos 2 acusados por morte de milionário

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou soltar na quinta-feira dois acusados de envolvimento na morte de René Senna, ganhador de R$ 51,8 milhões da Mega Sena em 2005. A Justiça estendeu à professora de educação física Janaína de Oliveira e ao cabo da PM Marco Antônio Vicente o habeas corpus concedido à viúva do milionário, Adriana de Almeida. Segundo o STJ, as prisões dos três foram revogadas por ausência de fundamentação válida. Outros dois acusados seguem presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.