Sophie sofria maus-tratos há pelo menos 1 mês

Os médicos que atenderam a menina austríaca Sophie Zanger, de 4 anos, afirmaram que a criança já sofria maus-tratos pelo menos um mês antes de morrer. A criança chegou em coma à Unidade de Pronto Atendimento de Santa Cruz, na zona oeste do Rio, no dia 12, e morreu uma semana depois. As suspeitas dos abusos contra a menina são a tia Geovana dos Santos, de 42 anos, e a filha dela, Lílian dos Santos, de 21. As duas devem ser indiciadas por tortura pela Lei 9.455/97 cuja pena chega a 16 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.