Sorocaba prepara concorrência para o transporte coletivo

A prefeitura de Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo, vai abrir concorrência pública para renovar o contrato de concessão do sistema público de transporte coletivo. O edital foi aprovado pelo prefeito Renato Amary (PSDB) e deverá ser publicado nos próximos dias. As empresas vencedoras assumirão o transporte de 4,5 milhões de passageiros por mês, ou cerca de 150 mil pessoas por dia. A frota atual, operada por duas empresas, é de 363 ônibus. O valor médio da tarifa é de R$ 1,35 por passageiro transportado. O sistema de remuneração, por quilômetro rodado, deverá ser mantido. Para serem habilitadas, as empresas terão de comprovar capacidade técnica para atender os requisitos do edital, entre eles a instalação de sistema de bilhetagem automática, com o uso de cartõesinteligentes. Atualmente, os passageiros utilizam fichas para embarque. A Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social (Urbes), que administra o transporte, exigirá também a construção de novos terminais. Está prevista a colocação de micro-ônibus para operar em algumas regiões da cidade. Aconcessão será dada pelo prazo de 8 anos, renovável por período igual. O contrato das empresas atuais está vencido e desde 1999 o serviço vem sendo operado através de permissão concedida em caráter temporário pela prefeitura. A Câmara espera a publicação do edital para realizar uma audiência pública a fim de discutí-lo com a população.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.