Sorteados para ver o júri de Suzane têm lugar garantido

As oitenta pessoas sorteadas para assistirem ao julgamento de Suzane von Richthofen e dos irmãos Daniel e Cristian Cravinhos, réus confessos do assassinato do casal Marísia e Manfred von Richthofen, em outubro de 2002, deverão manter suas senhas, segundo informou o Tribunal de Justiça de São Paulo. O juiz do 1º Tribunal do Júri, Alberto Anderson Filho, informou nesta quarta-feira, 7, que não haverá nova distribuição de lugares para o público, pois isso prejudicaria aqueles que já haviam sido sorteados.O julgamento de Suzane Richthofen e dos irmãos Cravinhos foi adiado na última segunda-feira para o dia 17 de julho, no Fórum da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.