Soterramento mata servidor em Presidente Prudente

O funcionário público Emílio José Rodrigues, de 48 anos, morreu soterrado ontem quando trabalhava no reparo de um buraco em Presidente Prudente, no extremo-oeste do Estado de São Paulo. Funcionários da Secretaria Municipal de Obras executavam serviços numa galeria de água, no Jardim Itapura II, e parte de um barranco desmoronou. O buraco se formou depois que o asfalto cedeu, no sábado, com o peso de uma carreta. Emílio chegou a ser levado para a Santa Casa, mas não resistiu. O secretário de Obras de Presidente Prudente, Milton Carlos de Melo, disse que somente o laudo da Polícia Técnica poderá esclarecer as causas do acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.